Umbanda EMITAI 2016B
Batismpo.jpg

♪ ♫ ♪ “Experimentem tirar pela força aquilo que faz um homem, era crença dos católicos que os santos africanos deveriam ser esmagados, impossível para os negros esquecer quem veneravam, iludindo todos os brancos eles apenas mudaram o nome dos seus santos, E daí surgiu a mistura preto, branco, afro e europeu, mexido bem brasileiro , Farofa de religião…” - Itapuã, Pedra Branca.

A umbanda é considerada por muitos a única religião verdadeiramente brasileira, por fundir elementos da cultura africana, indígena e européia.

Origem:

A origem da umbanda deu-se principalmente pela atuação de Zélio Fernandino de Moraes, que foi o intermediário escolhido pelos espíritos para divulgar a religião aos homens. Através de Zélio, o Caboclo das 7 Encruzilhadas manifestou-se, criando assim um culto onde os espíritos dos caboclos, dos índios e dos pretos velhos pudessem entregar sua mensagem e cumprir a sua missão espiritual.
E assim o Caboclo das 7 Encruzilhadas disse:

“Se julgam atrasados os espíritos de pretos e índios, devo dizer que amanhã estarei na casa deste aparelho, para dar início a um culto em que estes pretos e índios poderão dar sua mensagem e, assim, cumprir a missão que o plano espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados. E se querem saber meu nome que seja este: Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque não haverá caminhos fechados para mim."¹

Sobre a imagem

Nessa imagem, esta sendo realizado um ritual de batismo. O batismo é o primeiro e mais importante sacramento para os umbandistas, pois após o batismo, o médium terá criado um laço muito forte com sua religião, a aceitará e a verá como condutora dos caminhos divinos. Um dos principais objetivos do batismo é regular a faixa vibratória do iniciado, para assim durante a vida terrena (a vida na Terra, na terceira dimensão), ter maior facilidade para receber energias positivas.

"Os umbandistas ao se batizarem criam uma ligação muito forte com Oxalá e os seus Orixás.
O sacramento do Batismo é ministrado através dos seguintes elementos: água, que representa o astral (sentimentos); sal, que representa o aspecto material (físico); óleo, o princípio espiritual (divino); fogo, a luz da vela, o principio mental (inteligência) com esses elementos é realizado o Batizado na Umbanda." ²

Orixás e o Sincretismo

Sincretismo é a mistura de diferentes doutrinas para a formação de uma nova. A umbanda une elementos do catolicismo, do espiritismo e das religiões afro. Um exemplo disso, além da mitologia (origem do mundo e do homem, que é deveras semelhante a do catolicismo) , são os Orixás, as forças elementares da natureza. Cada orixá representa um elemento da natureza, ou seja, o panteão dos orixás é a junção de todas as energias elementares (Terra, ar, fogo, água). Os orixás possuem sua representação sincretista, por exemplo, Ogum é também São Jorge. Os negros trocaram o nome de seus santos para assim poder cultuá-los, já que sua cultura (mantendo o foco na religião) era oprimida pelos brancos. (Ler o pequeno trecho da música Itapuã da banda Pedra Branca, no início do verbete, ajudará a compreender melhor).
Citaremos aqui, os cinco orixás presentes em todas as correntes da Umbanda, que são: Oxalá, Xangô, Iemanjá, Ogum e Oxóssi.

Oxalá:
Representa a paz, a fé, a bondade, tudo que é positivo. Sua missão na Umbanda foi a criação do ser humano. Oxalá envia energias que estimulam a fé do indivíduo.
Representação sincretista: Jesus Cristo.
Símbolos: espada, escudo.
Saudação: Êpa Êpa babá!
Cores da Guia: Branco, leitosas ou de cristal.

oxala%5B4%5D.jpg

Xângo:
É o orixá da sabedoria e da justiça, responsável por impor a justiça para os injustiçados e dar o devido castigo para os merecedores.
Saudação: Kaô Kabecilê!
Sincretismo: São Pedro.
Símbolos: Machado

xango.jpg

Iemanjá
A rainha do mar e mãe de todos os Orixás. Protetora dos marinheiros, dos pescadores, e de toda fauna e flora marinha. Deusa dos mares e dos oceanos.
Saudação: Odoiá!
Cores da Guia: Azul claro, branco prata e transparente.
Sincretismo: Virgem Maria, Nossa Senhora de Fátima,
N.S dos Navegantes.

Yemanja.jpg

Oxum:
Orixá da fertilidade, do amor e do ouro. Representa a beleza, a pureza, o modelo de mãe. Segundo a umbanda, é a mãe que nunca abandona seus filhos. É a senhora das águas doces.
Saudação: Ora yeyê ó!
Cores: Amarelo ouro.
Símbolos: Espelhos.
Sincretismo: Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Conceição.
Domínios: Cachoeiras, Lagos.

oxum.jpg

Oxóssi:
O senhor e caboclo das matas. Protetor das florestas, dos animais. Dá segurança e coragem para todos que estão sob sua guarda.
Cores das guias: Verde.
Sincretismo: São Sebastião.
Saudação: Okê arô!
Símbolos: Arco e Flecha.

4008oxossi.jpg

Características Gerais:

“1) Não se impõe nada à força a seus adeptos muito menos ameaças psicológicas de perigo em vossas vidas. Ou daqueles que, caso não se torne freqüentadores.
2) O atendimento é gratuito. Não é forçado o pagamento de dízimos a ninguém.
3) Não é negada a entrada de membros de outras religiões ou segmentos, nem críticas.
4) A todos os Espíritos encarnados e desencarnados são dadas oportunidades dos mais evoluídos ensinarem e os menos instruídos aprenderem. Independente do que tenham sido em vidas anteriores.
5) Aos membros Irmãos Terrenos designados médiuns são pedidos: o uso de roupas brancas, disciplina e fundamento. Ou seja: serem humildes, conscientes do que fazem e saberem com que estão trabalhando.
6) Diferente dos Cultos de Nação e outros segmentos, não se usa energia animal. (Não há sacrifício de animais).
7) O Mentor espiritual é quem designa e comanda as tarefas. Isto pode diferenciar o modo de trabalho e desenvolvimento de um espaço para outro.
8) Elementos da natureza são essenciais para trabalhar às energias, água, erva, barro, etc.
9) Se possível trabalhar regularmente no mesmo dia e horário, favorecendo acostumar e disciplinar a todos. Lembrando que disciplina não é imposição, mas sim organização.
10) Método de raspagem e camarinha é dispensável.
As oferendas são opcionais. Existem três tipos: agradecimento, pedido ou proteção.”³

Referências:

¹ = http://umbandaecaridade.blogspot.com.br/2009/07/o-papel-de-zelio-de-fernando-de-moraes.html
² = https://raquelcain.wordpress.com/2011/08/19/o-batismo-na-umbanda/
³ = https://espacoumbanda.wordpress.com/2009/07/25/principais-caracteristicas-da-umbanda/
http://umbanda-orixas.info/
http://www.significados.com.br/sincretismo/
http://www.infoescola.com/religiao/umbanda/

Autoria do verbete

Fernanda Cabral
Karina Vidal do Souza
Maria Eduarda Ramos Kuznier
Thalik Rabi

EMITAI2016B

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License