Isaac Newton
Sir_Isaac_Newton_by_Sir_Godfrey_Kneller%2C_Bt.jpg

Isaac Newton nasceu em Londres, no dia 04 de janeiro de 1643, e viveu até o dia 31 de março de 1727. Além de física e matemática, ele estudou filosofia, astronomia, alquimia, teologia, astrologia, entre outras ciências. Ele juntamente com vários outros cientistas e pensadores da época, acreditavam que o estudo dessas ciências possibilitaria a compreensão e estudo dos fenômenos naturais. Em 1665, começou a se aperfeiçoar na matemática, ótica, física e astronomia. Durante seus estudos realizou várias pesquisas, dentre elas:

  • Telescópio de reflexão
  • Decomposição da luz pelos prismas
  • Formação de uma hipótese sobre a natureza da luz
  • Teorema do binômio e do cálculo integral e diferencial

Sua obra principal Philosophiae Naturalis Principia Mathematica (Princípios Matemáticos da Filosofia), é considerada uma das mais influentes na história da ciência. Publicada em 1687, esta obra descreve a lei da gravitação universal e as três leis de Newton, que fundamentaram a mecânica clássica.

O estudo que mais marcou a vida de Newton foi sobre a “Lei da Gravitação Universal”, onde concluiu que os corpos celestes se atraem de acordo com suas massas e suas distâncias.
Segundo Newton, “o equilíbrio do universo é garantido pela gravidade”.

De acordo com Leopoldo Toffoli:
"Conforme diz a lenda, uma maçã caiu sobre sua cabeça e, portanto, observou que a maçã caiu por algum motivo, e este motivo seria que alguém estaria “puxando” ela, este alguém seria a Terra. Mas ele foi mais além desse pensamento, e sugeriu que os corpos se atraem, ou seja, não somente a Terra atrai a maçã, mas atrai todos os corpos do universo. E não é somente a Terra que atrai todos os corpos do universo, mas todos os corpos do universo que possui massa atraem outros corpos que também possuem massa."

db298bd80ae3f0059c40b103e6ff2099.jpg

Isaac Newton criou três grandes leis, foram elas:

Primeira lei – Princípio da Inércia: Todo corpo em repouso ou realizado um movimento retilíneo uniforme, permanece nesse estado até que alguma resultante de força passa a atuar sobre ele.

Segunda lei – Princípio fundamental da dinâmica: A resultante de força que age sobre um corpo é igual ao produto de massa, desse corpo com a aceleração adquirida.

Terceira lei – Princípio da ação e reação: Toda força de ação gera uma reação de mesma intensidade e reação, direção e sentido contrário.

6b349951713d1856930371a012919585.jpg

Curiosidades

  • “A maioria das pessoas pensam que Isaac Newton foi atingido na cabeça com uma maçã. Mas provavelmente não foi isso o que aconteceu", disse o historiador James Gleick ao Huffington Post. Ele afirma talvez o que tenha acontecido é que Newton percebeu que a mesma força invisível que causou a queda das maçãs no chão também afetou os movimentos da Lua.
  • Em 1696, assumiu o cargo de inspetor da Casa Real da Moeda, tornando-se seu diretor em 1699.
  • Para provar, ou derrubar a teoria da óptica física, Newton enfiou várias vezes um palito pontiagudo no olho, tentando pressionar o nervo ótico para ver o efeito disso. Não satisfeito, passou longos momentos olhando diretamente para o Sol. Depois das experiências teve cegueira temporária e só voltou ao normal após passar três dias em um quarto escuro.
%C3%8Dndice.jpg

Sobre a imagem

Figura 1: Isaac Newton (1702), por Godfrey Kneller, na National Portrait Gallery, Londres.
Fonte da imagem:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Isaac_Newton

Figura 2: Primeira Lei de Newton, na ausência de força um objeto tem de ficar em repouso, ou um corpo em movimento permanece em movimento retilíneo ou uniforme.
Fonte da imagem:
http://www.brasilescola.com/fisica/primeira-lei-newton.htm

Figura 3: Segunda Lei de Newton e a relação entre força e aceleração
Fonte da imagem:
http://www.brasilescola.com/fisica/segunda-lei-newton.htm

Figura 4: Terceira Lei de Newton relação entre ação e reação.
Fonte da imagem:
http://www.brasilescola.com/fisica/terceira-lei-newton.htm

Referências

GOMES, Cristiana. Isaac Newton. Disponível em: <http://www.infoescola.com/biografias/isaac-newton/>. Acesso em: 02 abr. 2015.
SILVA, Marco Aurélio da. Um físico chamado Isaac Newton. Disponível em: <http://www.brasilescola.com/fisica/um-fisico-chamado-isaac-newton.htm>. Acesso em: 02 abr. 2015.
NARLOCH, Leandro. Isaac Newton: fé e física. Disponível em: <http://super.abril.com.br/ciencia/isaac-newton-fe-fisica-446508.shtml>. Acesso em: 03 abr. 2015.
BORGES, Claudia. 8 fatos sobre Newton. Disponível em: <http://www.megacurioso.com.br/historia-e-geografia/39450-excentrico-e-bizarro-8-fatos-sobre-isaac-newton.htm>. Acesso em: 03 abr. 2015.
TOFFOLI, Leopoldo. Lei da gravitação universal. Disponível em: <http://www.infoescola.com/fisica/lei-da-gravitacao-universal/>. Acesso em: 03 abr. 2015.
ZAHAR, Simon Blackburn. Dicionário OXFORD de Filosofia: Isaac Newton. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor Ltda., 1997.

Autoria do verbete

Beatriz Terencio
Larissa Ansiliero

Estudantes da turma EMI TST 2014

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License