Erva Mate
cuia.jpg

Nome popular: Erva-Mate
Nome científico: Ilex paraguariensis St.Hill
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Aquifoliales
Família: Aquifoliaceae
Gênero: Ilex
Espécie: I. paraguariensis
Parte usada: Folhas
Forma de Utilização: chás

A erva-mate é uma planta medicinal nativa da América do Sul, muito cultivada na região sul do Brasil. Possui um caule fino e acinzentado, folhas arredondadas e frutos esverdeados ou vermelho-arroxeados (ZANIN, 2015). No Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, é muito utilizada na preparação do chimarrão ― fruto da cultura indígena caingangue, guarani, aimará e quíchua ― onde suas folhas trituradas são imersas em água fervente. Nas demais regiões se encontra na forma de chás quentes ou frio.
Também conhecida como erva-chimarrão, mate, chá-mate, chá-do-Paraguai, chá-dos-jesuítas, chá-das-missões, chá-mate-do-Paraguai, chá-argentino, chá-do-Brasil, congonha, congonha-das-missões, congonheira, erva-mate-legítima e mate-verdadeiro, a erva-mate é vista pelos cientistas como um alimento praticamente completo, pois possui uma enorme quantidade de nutrientes necessários ao funcionamento do nosso organismo.
Possui cafeína, teofilina, teobromina, ácidos fólicos, taninos, minerais e vitaminas A, B1, B2, C e E, sendo caracterizada pelas suas funções diurética, digestiva, estimulante física e mental, vaso e dilatadora auxiliar na regeneração celular. Possui cafeína, portanto pode causar vício e não é indicada para quem sofre de insônia nem para gestantes. É rica em flavonóides (antioxidantes vegetais) que protegem as células e retardam o envelhecimento; fortalece os ossos graças ao cálcio e à vitaminas de sua composição. É útil para quem deseja perder peso, combater o colesterol mau (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL), diminuir a taxa de glicose no sangue, diminuir a fome, estimular a função cerebral, melhorar a circulação sanguínea, facilitar a digestão, limpar a pele e é benéfico para o sistema cardiovascular e respiratório.

ervamate.jpg

Pé de erva-mate, que pode atingir até 12 metros

“Com a erva-mate se faz o chimarrão dos gaúchos”. Como dizem, “a água benta da raça. O chimarrão ou o chá da erva dão resistência contra a fadiga, ativa a circulação, reanimando as forças do corpo e estimulando o cérebro. Para embelezar a pela banha-se com […] as folhas. O chá auxilia na digestão e é laxante. Tomar demais pode tirar o sono e dar sensação de estômago vazio e fraqueza. O consumo frequente cria certa dependência e o organismo sente falta do mate.” (FRANCO; FONTANA, 2007, p. 141)
A descoberta de que o chá mate combate o colesterol ruim e emagrece é recente. Em 2012, uma pesquisa foi realizada na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com 250 voluntários que possuiam doenças relacionadas a colesterol e diabetes, e foi possível perceber uma melhora na saúde das pessoas. “A recomendação foi a mesma para todos: beber um litro de chá feito com mate tostado, por dia, divido em três xícaras dez minutos antes, durante ou depois das principais refeições” (MEURER, 2012).
Porém, mesmo com todos os seus benefícios, a erva-mate não é indicada às grávidas. Ela possui cafeína, teofilina e outros estimulantes naturais, que, de acordo com o cardiologista Paulo Zielinsky, "pode causar uma hipertensão pulmonar logo que o nenê nasce, o que pode ser potencialmente grave e em algumas vezes até fatal" (ERVA-MATE… 2013).
O mate também é usado com finalidade estética, pois contém componentes antioxidantes, como os polifenóis EGCG. Existem diversos produtos compostos de erva-mate, como géis esfoliantes, cremes hidratantes, shampoos e condicionadores, nestes dois últimos a erva atuando como fortalecedora do bulbo capilar.

creme%20erva-mate1.jpg

Creme Hidratante Facial Erva Mate Orgânico 60ml, dísponivel na Loja Cativa Natureza

Sobre a imagem

Em espanhol, cimarrón significa aquilo que é “chucro, bruto, bárbaro, vocábulo empregado em quase toda a América Latina, do México ao Prata”, para caracterizar os animais domesticados que se tornam selvagens.
Em castelhano, cimarrón significa clandestino. No Paraguai, há anos atrás, a erva mate era proibida, porém isso não impedia que sua comercialização permanecesse. Até mesmo no Brasil, a erva era vista como “erva do diabo” pelos padres jesuítas, pois era chamada de “erva-de-Tupã” pelos espanhóis, e a Igreja não permitiria que os cristãos bebessem uma bebida atribuída a um “falso deus”. Porém, anos depois, a erva-mate foi utilizada pelos padres para tratar pessoas com vícios, onde o mate substituiria o álcool ou o fumo.
"E assim, a palavra chimarrão, foi também empregada pelos colonizadores do Prata, para designar aquela rude e amarga bebida dos nativos, tomada sem nenhum outro ingrediente que lhe suavizasse o gosto." (LESSA, 57).
A erva-mate possui propriedades capazes de acalmar as emoções, assim reduz o apetite das pessoas, quando a alimentação é exagerada isso é um efeito do estresse. O chá de erva-mate possui propriedades medicinais que ajudam a abrandar a taxa de esvaziamento gástrico. Assim a fome das pessoas é saciada.

Como fazer chimarrão

Primeiramente você precisa ferver a água,até que a chaleira comece a chiar. Você também deve ficar atento para a água não esquentar muito, porque pode queimar a erva-mate. Depois, encha a cuia com a erva até o pescoço, tampe a cuia com o aparador e agite-a na horizontal. A erva-mate deverá estar acomodada apenas de um lado da cuia. Então despeje a água, lembrando que ela não pode estar muito quente.
Para colocar a bomba, você tem de tampar o bocal com o dedo, colocar a parte de trás dela contra a parede da erva-mate e empurra-la até o fundo da cuia. Então retire o dedo do bocal. Se for de sua preferência, pode adicionar chás junto com a erva-mate.

Fonte das imagens
Creme Hidratante Facial Erva Mate Orgânico 60ml https://cdn.awsli.com.br/600x450/0/995/produto/13675/3ff29c0e55.jpg
Pé de Erva-Mate http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/escolas/montecristo/09cienc10/maria/ervamate.jpg
Chimarrão http://www.opticamirim.com.br/img.content/noticias/noticia46.jpg

Referências

ARAÚJO, Felipe. Erva-Mate. Disponível em: <http://www.infoescola.com/plantas/erva-mate/>. Acesso em: 11 ago. 2015.
ZANIN, Tatiana. Erva-Mate. Disponível em: <http://www.tuasaude.com/erva-mate/>. Acesso em: 11 ago. 2015.
O FATO: Propriedades Medicinais e Nutritivas da Erva-Mate. Catanduvas, 12 ago. 2015.
FRANCO, Pe. Ivacir João; FONTANA, Prof. Vilson Luiz. Ervas & Plantas: A Medicina do Simples. 11. ed. Erexim: Livraria Vida Ltda, 2007.
LESSA, Luís Carlos Barbosa. A Erva proibida. Disponível em: <http://www.pampalivre.info/a_erva_proibida.htm>. Acesso em: 11 ago. 2015.
CHÁ de erva-mate emagrece e reduz o apetite. Disponível em: <http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/cha-erva-mate-emagrece.html>.
Acesso em: 11 ago. 2015.
MEURER, Kíria (Ed.). Erva-mate combate colesterol ruim, diabetes e até emagrece. Disponível em: <http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2012/02/erva-mate-combate-colesterol-ruim-diabetes-e-ate-emagrece.html>. Acesso em: 24 ago. 2015.
COMO fazer um chimarrão. Disponível em: <http://user.das.ufsc.br/~emerson/chimarrao/>. Acesso em: 24 ago. 2015.
ERVA-MATE na gestação pode fazer mal ao bebê, diz pesquisa do RS. 2013. Disponível em: <http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2013/12/erva-mate-na-gestacao-pode-fazer-mal-ao-bebe-diz-pesquisa-do-rs.html>. Acesso em: 24 ago. 2015.
CONHEÇA melhor alguns produtos da linha Erva Mate. 2013. Disponível em: <http://www.cativanatureza.com.br/blog/cativa-natureza-em-movimento/conheca-melhor-alguns-produtos-da-linha-erva-mate>. Acesso em: 24 ago. 2015.

Autoria do verbete

Gabriela Leite Goulart
Ana Paula Candão Lopes
Renata de Moraes Bilhan

Estudantes da turma EMITST 2015

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License