Canela
canela.jpg

Nome científico: Cinnamomum zeylanicum
Nomes populares: caneleira, caneleira-da-índia, caneleira-de-ceilão, cinamomo e pau-canela.

Origem:

A canela da forma que conhecemos é obtida do tronco da caneleira, uma árvore que é nativa do antigo Ceilão, atual Sri Lanka, ao sul da Índia. A árvore possui galhos de cor marrom-avermelhado e é muito perfumada. Entre os séculos XIV e XVI a canela era a especiaria mais procurada na Europa e seu comércio era muito lucrativo. Essa especiaria era o motivo de inúmeras embarcações seguirem rumo ao Oriente. A canela, juntamente com outras especiarias, como o cravo, a pimenta-do-reino e a noz-moscada, era bastante utilizada como moeda de troca para pagar serviços, impostos, dívidas, acordos, obrigações religiosas e servia até mesmo como dotes, heranças, reservas de capital e divisas de um reino.
Pode ser considerada uma das especiarias mais importantes no período das grandes navegações, chegando um quilograma a valer dez gramas de ouro. Considerada símbolo da sabedoria, a canela foi usada na Antiguidade pelos gregos, romanos e hebreus para aromatizar o vinho e com fins religiosos na Índia e na China.
Ela também por muitos é considerada uma especiaria ligada ao amor, sendo empregada muitas vezes como ingrediente para perfumes “mágicos e poções” para conquistar a pessoa amada. Existe quem acredite que ela atrai o sucesso nos negócios, trazendo sorte e determinação para a resolução de problemas.

Características da espécie:

As caneleiras, necessitam de lugares ensolarados e temperaturas altas, superiores a 21 º C e cerca de 1.300 mm de chuva por ano para se desenvolverem.
A canela é uma árvore de ciclo perene e que atinge até 8 a 9 metros de altura. O tronco alcança cerca de 35 centímetros de diâmetro.
As folhas são coriáceas, lanceoladas, com nervuras na base, brilhantes e lisas na parte superior e verde-claras e finamente reticuladas na parte inferior. As flores são de coloração amarela ou esverdeada, numerosas e bem pequenas, agrupadas em cachos ramificados.

126-4.jpg

Compostos presentes:

Existem vários compostos presentes na canela e boa parte deles tem extrema importância para a nossa saúde. Entre eles estão o acetato de eugenol, ácido cinâmico, açúcares, aldeído benzênico, aldeído cinâmico, aldeído cumínico, benzonato de benzil, cimeno, cineol, elegeno, eugenol, felandreno, furol, goma, linalol, metilacetona, mucilagem, oxalato de cálcio, pineno, resina, sacarose, tanino e vanilina.

Indicação de uso medicinal:

A canela, além de ser uma planta muito utilizada na culinária e na área da perfumaria, também possui propriedades medicinais.
Possui propriedades carminativas (ajudam o organismo a eliminar os gases presos no tubo digestivo e nos intestinos!), antiulcéricas, estomacais e vomitivas, por trazer em sua composição óleos essenciais que contêm certas propriedades que dissolvem melhor os alimentos facilitando a digestão, por isso ajuda a combater a aerofagia (Gases que provocam dores horríveis na região das costelas), as digestões difíceis a acidez e estimula o apetite.
Também é indicada contra a bronquite e resfriados, pois possui propriedades que combatem as doenças respiratórias pela sua riqueza em propriedades antibacterianas, expectorantes e anti-inflamatórias.
A canela também pode ser a queridinha das mulheres, ela estimula a circulação sanguínea, do coração, aumenta a pressão arterial e causa contrações musculares - que afetam o útero-. Enfim, esses fatores juntos acabam acelerando o processo da menstruação e amenizando a cólica menstrua, mas também o uso da canela é contraindicado para gestantes por ser considerado abortivol.

Receita caseira com Canela:

1 pau de canela
1 xícara de água fervente

Coloque um pau de canela em uma xícara e cubra com água fervente. Se desejar, adoce. Deixe amornar, retire a canela em pau e beba em seguida.

Segundo Inês Franciscatto, esse chá é usado para acelerar o processo da menstruação.

Medicamentos feitos a partir a planta ou seus compostos:

Não existe medicamentos feito de canela, mais é possível achar medicamentos com as mesmas propriedades que ela possui um exemplo seria Atroveran, medicamento muito utilizado para cólicas menstruais. A canela sozinha já é capaz de provocar vários sintomas, podendo assim ser perigoso para quem a consome. Existem vários cosméticos de canela como loção hidratante, sabonetes líquidos, etc.

Sobre a imagem

A imagem faz referência à canela em pó ou em ramo, que é uma especiaria facilmente encontrada em qualquer estabelecimento em todo mundo.Sendo muito utilizada para a culinária e também para usos medicinais. Fonte da imagem:https://meiatigeladearistoteles.files.wordpress.com/2014/02/canela.jpg
A imagem faz referência à caneleira (árvore da canela), na qual, a canela em ramo e em pó é extraída. É uma árvore nativa da região do antigo Ceilão, atual Sri Lanka, ao sul da Índia.
Fonte da imagem:
http://3.bp.blogspot.com/-nk9PeX5kx9A/UYn5BVX6v8I/AAAAAAAAEPg/-Gco9PaoxTg/s1600/CinnamonTree.JPG

Referências

BENEFÍCIOS da Canela:Propriedades medicinais da canela. Disponível em: <http://www.beneficiosdacanela.com/propriedades-medicinais-da-canela/>. Acesso em: 16 ago. 2015.

A AROMÁTICA Canela. Disponível em: <http://www.jardimdeflores.com.br/floresefolhas/a20canela.htm>. Acesso em: 16 ago. 2015.
http://www.jardimdeflores.com.br/floresefolhas/a20canela.htm

FOGAÇA, Jennifer Rocha Vargas. Origem e composição da canela. Disponível em: <http://www.mundoeducacao.com/quimica/origem-composicao-canela.htm>. Acesso em: 16 ago. 2015.

Autoria

Amanda Zagonel
Gabriela Guesser
Maria Clara Barreto
Estudante da turma EMITST - 2015

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License