Budismo II
10-aura-de-buda-blog-sobre-budismo.png

Fundado por Buda, o Budismo é uma religião monástica. Foi dividida em duas vertentes: o Budismo Theravada, que era mais próximo da ideias e ensinamentos de Buda e destinado aos monges; e Mahayana, forte em países principalmente monárquicos, como o Butão, é livre às pessoas que não são monges.
Buda não queria ser visto como um deus, mas como alguém que mostrava o caminho da libertação. Mas as vertentes mudaram um pouco o pensamento original, e alguns seguidores começaram a vê-lo como um deus, ao invés de uma pessoa que mostra o caminho.
A lei do Budismo diz que quando nós morremos somos reencarnados em um outro corpo, que pode ser “humano” ou de um “animal”. O que você faz será recompensado quando você morrer e reencarnar novamente. Isso é o “carma”, que podemos chamar de equilíbrio espiritual. Quando você alcança o carma, estará livre das reencarnações. E é falado que você atingiu o Nirvana.
O ciclo da Samsara, que é o nascimento, a vida, a morte e a reencarnação, só poderá ser cancelado com o Nirvana.
O Budismo se espalhou rapidamente. Quando Buda morreu, já tinha se tornado uma religião com uma grande influência na Ásia, mas foi só depois de 400 anos, que começaram a escrever as ideias da religião em escrituras e dizeres.

Vida de Buda

Siddharta Gautama nasceu no século VI a.C, em uma família nobre. Seus pais queriam deixá-lo alheio aos problemas da sociedade e também das religiões. Após chegar a uma certa idade, ele teve quatro visões. Na primeira, viu um homem idoso; na segunda viu um homem doente; na terceira ele viu um homem morto e na quarta e última visão ele viu monge que não ligava para o dinheiro. Após essa última visão, ele resolveu se tornar um monge. E para se tornar um monge, ele teria que procurar a iluminação.
Ele se sentou sob uma figueira e ficou meditando até conseguir o seu objetivo. O que aconteceu já na manhã seguinte. ao seu objetivo: saber o caminho. Então ele soube o caminho da libertação e ficou conhecido como “Buda”, que significa “O homem que sabe a verdade”.
A partir daí Buda começou a espalhar suas ideias pelo mundo, mas primeiramente, as mostrou aos cinco primeiros discípulos da religião.

Tipitaka

É o principal livro sagrado da religião Budista. Ele contém uma compilação de todas as histórias, ideias e leis que Buda pregava aos seus fiéis.
Nele contém todas as regras da religião, os discursos feitos por Buda e também os assuntos mais profundos, como por exemplo a origem das orações.

Símbolos presentes na religião

O Budismo apresenta uma infinidade de símbolos. Os principais são:

Roda da Lei: representa o Ciclo do Samsara.

roda.jpg

Nó Infinito: representa o poder dos espíritos e seres.

n%C3%B3.jpg

Cruz Suástica: representa boa sorte.

cruz.png

A mão aberta de Buda: diz para o fiel não ter medo.

buda.png

Preces, prostrações, esmolas e oferendas

Nas preces, o objetivo não é “pedir” alguma coisa, e sim equilibrar a sua força espiritual e “ganhar” boas energias. Muitas vezes, são feitas com pessoas ajoelhadas e inclinadas de forma a homenagear Buda e seus discípulos. Os monges são pessoas que vivem da religião, não trabalham e muito menos ganham retorno financeiro. Por isso os fiéis doam dinheiro para os templos. É uma espécie de dízimo presente no Budismo. Também no Budismo existem as oferendas nos templos. Tais oferendas são flores, velas e incensos. Na região Tibetana, eles procuram fazer o ritual das três jóias, que consiste em fazer três voltas ao redor de um sítio, fazenda, moinho ou coisa parecida.

O Início do mundo

Quem criou o mundo? Simplesmente, para a religião budista, essa resposta não existe. Eles acreditam que nada tem começo e fim, e sim um ciclo de nascimentos e mortes.

Leis e Mandamentos

Como em qualquer outra religião existem as leis a seguir que são:

  • Não maltratar os seres vivos.
  • Não roubar.
  • Ter uma conduta sexual respeitosa.
  • Não difamar.
  • Não usar drogas.
  • Não mentir.

Se seguir essas leis, você irá quebrar o ciclo de Samsara e se libertar das reencarnações.

Número de adeptos
Apesar de ser uma religião oriental, está cada vez mais presente no mundo ocidental. Atualmente são aproximadamente 400 milhões de adeptos ao redor de todo o mundo. No Brasil, há cerca de 240 mil budistas, sendo a 10ª religião com mais fiéis do Brasil.

Sobre a imagem

Na imagem ao lado vemos Buda dando os seus ensinamentos aos cinco primeiros sacerdotes da religião. Isso aconteceu logo depois dele ter chegado à sua iluminção espiritual.
Na imagem também percebemos a “Aura de Buda”, uma auréola atrás da sua cabeça que tem uma grande semelhança com os anjos do cristianismo. O significado também é bem parecido: A Aura de Buda significa que Buda era uma pessoa boa, que só fazia o bem e não fazia o mal.
Também percebemos que Buda está sentado sobre uma flor de lótus, que significa a pureza do corpo e da mente das pessoas. Segundo a lenda budista, quando Buda deu seus primeiros passos, nasceram flores de lótus em todo lugar que ele pisou.

Referências

SUA PESQUISA. Budismo. Disponível em<http://www.suapesquisa.com/budismo/>. Acessado em: 28 de junho de 2015.
WIKIPEDIA. Tipitaka. Dispnível em <https://pt.wikipedia.org/wiki/Tipitaka>. Acessado em: 28 de junho de 2015.
WIKIBOOKS. Símbolos do Budismo. Disponível em <https://pt.wikibooks.org/wiki/Budismo/S%C3%ADmbolos_do_Budismo>. Acessado em: 28 de junho de 2015.
JOÃO R. GOMES. Número de adeptos das religiões. Disponível em <http://www.veritatis.com.br/inicio/espaco-leitor/5634-numero-de-adeptos-das-religioes>. Acessado em: 28 de junho de 2015.
NOSSO TEMPLO. Rituais. Disponível em <http://www.nossotemplo.com.br/budismo_rituais.htm> Acessado em: 28 de junho de 2015.
GOT QUESTIONS. O que é o budismo e em que o budistas acreditam?. Disponível em <http://www.gotquestions.org/Portugues/Budismo.html> Acessado em: 28 de junho de 2015.
ROBERTO BASTOS. A criação do Universo segundo o Budismo, o Hinduísmo e o Neo-platonismo. Disponível em http://www.gostodeler.com.br/materia/18254/A_cria%C3%A7%C3%A3o_do_Un.html. Acessado em: 28 de junho de 2015.

Autoria do verbete

Gabriel de Rós
Laura Maria Schneider
Leonardo Leite
Polyana Brustolin
Tomas Kafmann

Estudantes da turma EMITAI 2015

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License